Artista, ativista social, LGBTQA+ e irônico, este baiano tem o seu trabalho marcado pela abordagem dos temas mais quentes da web. Com um traço cartunesco, seus personagens ganham formas representativas, evidenciando assim a pluralidade do povo brasileiro.


“Gosto quando as pessoas se vêem representadas, seja por um biotipo, uma crença, um objeto ou um meme. A arte nos dá essa liberdade de inventar e reinventar, proporcionando assim, uma cadeia de sentimentos.”